HomeSexoSexo anal: a lição das tartarugas para os homens

Sexo anal: a lição das tartarugas para os homens

tartaruga_sexoanal

Sexo anal: a lição das tartarugas para os homens

Avisos preliminares: a classificação desse post é pimenta jalapeño; é o tipo de texto que todo mundo vai ler, mas ninguém vai curtir, comentar ou compartilhar no Facebook; oramos pela maturidade dos leitores.

Homens, vocês têm muito a aprender com as tartarugas. Os tolos acham que elas nunca saem do lugar. Devagar e sempre, esses simpáticos répteis chegam onde querem. E o que vocês querem, todas sabemos, não é apenas sexo anal (aquele feito por obrigação e dado como prêmio de consolação). Vocês querem que ela PEÇA por sexo anal e tenha orgasmos dessa forma. Dá pra tentar no modo “ah, foi mal, errei de buraco” e traumatizar a moça. Ou ter paciência e ajudá-la a descobrir o prazer na porta dos fundos.

Malaguetas, se até a cantora Sandy declarou em entrevista à Playboy que “é possível ter prazer anal”, passou da hora de deixar os preconceitos de lado. O cú é seu e você usa como quiser. Quer testar o nariz, as orelhas e outros orifícios que te pertencem? De forma consensual, sem problemas. Como recebi muitooos e-mails de leitoras sobre o tópico, fui ao curso Segredos do Sexo, na Constantine Boutique, em São Paulo. A proprietária Luciana Keller montou essa e outras aulas depois de perceber a quantidade de dúvidas das clientes. Eu compilei algumas das mais comuns recebidas pelo Pimentaria e pela Constantine, com as respectivas respostas.

1. O meu toba é via de mão única: só sai, nada entra.
Beijo, querida, esse post não é pra você. Volte aqui se mudar de ideia 😉

2. Por que ele insiste TANTO em fazer sexo anal?
Primeiro, porque você nega – então vira um desafio. Mas principalmente porque o orifício do ânus é muito mais apertado que a vagina. Boa parte do prazer do pau está na pressão feita sobre a glande (a cabeça).

3. Como dói, só dou a bunda em ocasiões festivas.
Para, para, para. Tudo errado. Não é pra doer! Se há dor, você não está relaxada nem sente prazer. E não é pra servir como um prêmio de consolação pro cara. Ele vai ficar numas de “amor, hoje a gente fez 3 anos e 2 meses” ou “sabia que amanhã é dia mundial da preservação dos ornitorrincos?”. Os dois devem curtir e querer o sexo anal. Não, não é utopia. Calma, vai lendo.

4. Tenho medo de saírem “coisas sujas” dali.
O reto tem cerca de 17 centímetros e, embora não haja divisão entre ele e o intestino, o organismo da gente é sábio. Se você evacuou no dia, provavelmente não haverá fezes no canal de saída. Só não me inventa de partir para o sexo anal se você tiver entupida ou com aquele piriri, ÓBVIO. Em condições normais, a cama não vai virar o rio Tietê, ok?

5. Precisa enfiar o chuveirinho lá dentro pra limpar antes do sexo?
Não, não precisa. Lavagem intestinal se faz no hospital em casos de grave constipação (é, intestino preso). Essa prática com o chuveirinho é bastante comum entre os gays, mas o volume inadequado de água pode gerar cólica e fazer mal à saúde. O que não significa que você pode dispensar a higienização. Existe uma ducha anal, à venda em sex shops, própria para isso. “Ela tem um formato anatômico, um pequeno reservatório para colocar água morna e uma ponteira que se introduz no ânus”, diz Luciana. “Você aperta, a água limpa os resíduos que estão no reto e depois você a elimina na privada”.

6. Além do lubrificante, tem algum anestésico pra facilitar a penetração?
Ao contrário da boca e da vagina, o canal do reto não tem lubrificação natural. Portanto, meu bem, NUNCA faça sexo anal sem lubrificante. “Besunte o pênis inteiro, não só a cabeça, sem economia”, diz Luciana. “E passe um pouquinho de gel com função anestésica na entrada do ânus para reduzir a contração da musculatura”. Alguns médicos não recomendam o uso desse produto – sem sensibilidade, a mulher pode não perceber quando a penetração está machucando de verdade e provocando fissuras no ânus.

7. Por que dá vontade de ir ao banheiro quando ele penetra?
“Estamos acostumadas com o estímulo de dentro pra fora, não de fora pra dentro”, explica Luciana. Com a movimentação do esfíncter, o cérebro associa com a ida ao banheiro.

8. “De quatro” é a melhor posição?
Não para iniciantes. Nesse vai e vem, se o cara de empolga e viaja na excitação, fica mais difícil brecá-lo. Segundo a professora, a melhor posição é de conchinha: os dois com o corpo relaxado na cama e ela pode simplesmente se esquivar para frente se algo incomodar.

9. Quando ele coloca, parece que não vai rolar porque eu “travo”.
Normal, meu bem. Como você está tensa, a musculatura reage se contraindo. Quando mais contraída, mais difícil e incômoda será a penetração. Façam muitas preliminares com dedos, língua e brinquedinhos antes de partir para o dito-cujo. Ele só deve ser acessado quando você estiver muito excitada = “quase alcançando o orgasmo”. Todos os especialistas no assunto recomendam que a prática seja gradual: um dia você pede pra ele colocar um dedo, noutra transa que sejam dois… Existem brinquedinhos também, como os plugs anais, que funcionam como “preparo” físico e emocional para receber o pênis.

10. Esses brinquedos não podem se “perder” dentro do intestino?
Sabe esses casos bizarros que você lê por aí? Tipo “fulano foi submetido a uma cirurgia depois de introduzir um pepino no ânus”? Então, é verdade. Como o canal do reto não tem divisão para o intestino, pode gerar um vácuo e sugar o intruso. Os brinquedos eróticos próprios para o ânus vêm com um anel de segurança para evitar acidentes.

11. Qual o maior erro das iniciantes?
“Mandar o cara tirar o pênis quando já estiver com a cabeça lá dentro”, diz Luciana. “A musculatura contrai ainda mais, o cara força pra entrar de novo e ela sente dor”. Ela sugere o seguinte: pede pra ele parar a penetração, sem retirar o pênis, e estimular o clitóris. Assim, a musculatura toda relaxa e vocês conseguem dar continuidade.

12. Pode ficar alternando a penetração entre vagina e ânus?
Não importa o que você tem visto nos filmes pornôs: DE JEITO NENHUM. Da vagina para o ânus, beleza. Mas JAMAIS do ânus para a vagina ou o pau do cara será um transportador de bactérias – normais no intestino, mas que podem causar infecções urinárias chatérrimas.

13. Sexo anal dá hemorroidas?
Se a penetração for violenta ou sem lubrificante, pode causar lesões, mas não hemorroidas (provocado por constipações, infecções anais etc). Agora, quem já tem, deve evitar esse tipo de prática sexual.

FOTOCOR - LUCIANA KELLER 037 b

 

 

*Constantine Boutique

Rua Gaivota, 1311 . Moema – São Paulo.

Programação aqui ou no telefone  11 5042—2760.

Luciana Keller é psicóloga, proprietária e ministra o curso Segredos do Sexo.

Compartilhar:
Comentários
  • Eu simplesmente achei um máximo esse post….. To adorando cada dia mais acompanhar a pagina… Uma linguagem solta, parece conversa de amigas !!!
    Bjs …

    29 de outubro de 2013
  • Olha, eu já tentei, não por vontade própria, mas pra agradar o parceiro e não foi legal. Doeu como se não houvesse amanhã e em outras tentativas eu simplesmente travei por lembrar só da dor. Não consegui relaxar. Pode ser que tenhamos feito algo errado, lubrificado pouco ou o meu cérebro f*deu com tudo, o fato é que pra mim foi uma experiência negativa e que eu não desejo repetir nunca mais.

    29 de outubro de 2013
  • Vc recomenda o uso de plug anal?

    29 de outubro de 2013
  • Monossílabas terminadas em U não levam acento…. Então. por favor, parem de botar acento no cu. obrigado. rsrsrs

    29 de outubro de 2013
  • Eu simplesmente adoro este post acho o máximo e não deixo de ler nada,ADORO!!! BJS………

    29 de outubro de 2013
  • Apesar de ter um pouquinho de experiência no assunto, adorei a publicação. Só não entendi quando falou que ninguém vai curtir, comentar ou compartilhar.

    29 de outubro de 2013
  • BOM SABER QUE EU ANDO FAZENDO TUDO CERTO… UMA PQ MINHA NAMORADA ADORA E TEM ORGASMOS LOUCOS E OUTRA POR LER ESSA MATÉRIA CONFIRMANDO TUDO… PARA AS MULHERES QUE AINDA TEM DÚVIDAS É SÓ SEGUIR PASSO A PASSO TODAS AS DICAS (E COLOCAR O PARCEIRO PARA LER ISSO TBM) E TER UM CARA QUE ENTENDA QUE ESSE LUGARZINHO QUE A GENTE TANTO ADORA NÃO FOI FEITO PARA SE GANHAR E SIM SER CONQUISTADO!!! #HOMENSPRESENTESAQUI

    30 de outubro de 2013
  • Ótimo post, esta é uma trilha que se deve percorrer com brincadeirinhas e com muito carinho, eu me deixo levar pela minha parceira para ela tirar o máximo de prazer para os dois.
    ” Faça amor e não porno mecânico “

    30 de outubro de 2013
  • ADOREI O TEXTO,MEU NAMORADO SEMPRE ME FALA SOBE ISSO MAS TENHO MEDO PQ JÁ OUVIR FALAR QUE DOÍ,AGORA FIQUEI MAS TRANQUILA DEPOIS DAS DICAS ,VOU TENTAR….

    4 de novembro de 2013
  • É tudo muito lindo, e a vontade de agradar o maridão é imensa, mas quando o pênis dele é muito grande, e mesmo com muito lubrificante, preliminares e quase no ponto de gozo, a penetração continua dolorida????

    5 de novembro de 2013
  • gente entrei agora no site e vi muitas coisas que faço com minha namorada, tipo fico fazendo preliminar com ela uns 15 ou 20 minutos, e nao eu nao quero fazer sexo anal com ela a menos que ela me peça, dai eu tento mas eu nao tenho este fetiche de comer cu, eu etou feliz transando com a minha namorada.

    10 de novembro de 2013
  • Olha, nunca tive prazer com sexo anal. Fiz algumas vezes por vontade do parceiro…
    Mas isso foi antes do meu atual namorado…Hoje me dá tesão, me dá um prazer e orgasmos maravilhososssssssssss!!!
    Não importa a forma do sexo, importa é a relação com o parceiro(a)!! Se a relação é boa, tudo acontece natural e divinamente!!!

    10 de novembro de 2013
  • Só de lembraar me da vontade, gente sexo anal é muito bom, mas é preciso estar relaxada e excitada, senão não rola 😉
    Meu noivo pede sempre, e tem dias que sou em quem pede. Isso deixa ele louco de tesão e vendo ele assim eu fico mais loucaa que ele

    13 de novembro de 2013
  • como faço para cancelar um cometário que publiquei?

    25 de novembro de 2013
  • Nathalia, to há 2 anos tentando isso, nunca tive problemas em ‘convencer’ e ter esse tipo de sexo com todas as outras namoradas (e foram mais que 8), mas minha mulher simplesmente não libera.. e é obvio, teve um imbecil que tentou fazer e não deu muito certo, eu to chegando no nível que to começando a ficar chatiadisismo com minha atual relação sexual, po, tá foda.

    4 de dezembro de 2013
    • Amigo… Infelizmente, aceite um fato… Esse imbecil que você fala, deixou um trauma muito forte nela e isso será difícil para que ela supere. Desculpe se sou muito direto em minhas palavras, mas se fazer anal para você for vital, faça a fila andar, pois dificilmente essa mulher cederá anal a você..

      A única coisa a tentar, é conversar, compartilhar com ela os depoimentos de outras maravilhosas mulheres que postam aqui que anal é maravilhoso, etc… Mas será uma parada dura, ok?

      26 de dezembro de 2014
  • É o local que sinto mais prazer!!

    Beijos,

    14 de janeiro de 2014
  • Oii,queria muito que tirassem minha dúvida..
    Meu namorado começou com essa de querer sexo anal,mas eu nunca fiz,tenho 21 anos…
    Quando ele começou com as ”lambidinhas e dedinhos curiosos” hahaha eu tive que fazer nele também,somente as lambidas,porque eu curto já,”’dedadas” eu DETESTO,sério,não sei como raios,mas em uma transa eu tive prazer quando ele colocou um dedo lá… Ai eu propus a ele que queria lamber o cu dele também,e ele ficou meio desconfortavel,mas mostrou que topou e eu comecei a fazer nele e hoje em dia ele que me mostra que quer que eu o lamba…
    Portanto acho que só vou me sentir mais confortável a topar o sexo anal,se eu fizer nele também,nem que sejam só dedos…
    Por que disso? é estranho? Mas pra mim,é a unica maneira deu me sentir confortável de tentar fazer sexo anal…

    6 de fevereiro de 2014
  • Eu sempre faço assim: Depois de um oral que a mulher gozou gostoso, lubrifico o cuzinho dela com bastante gel. Primeiro enfio a cabecinha do meu pinto e falo que prá mulher que não vou enfiar mais, até ela relaxar e se acostumar. Enquanto aguardo, fico fazendo com que meu pinto amoleça um pouquinho, para em seguida eu tentar fazer com que ele endureça de novo.
    A mulher por sua vez, deve também contrair e relaxar a musculatura anal, enquanto o pinto está parado. Qdo a mulher já tiver relaxado e se acostumado , penetro mais um pouco e fazemos o mesmo, até o pinto estar todinho enfiado. Aprendi a fazer isso, num vídeo publicado por uma mulher. Funciona ! Faço sempre assim. Em 3 namoradas que tinham a bundinha virgem ( rs ! ), fiz assim e elas disseram que não imaginavam que seria tão fácil.

    31 de março de 2014
  • O plug anal é muito bacana,é uma boa para quem ainda não fez sexo anal.Eu recomendo.E acho sim que sexo anal é um dos melhores.Experimentem.

    9 de maio de 2014
  • Tive um namorado que sabia o q estava fazendo. Era muito bom. Mas depois dele não consegui. O último namorado achou q podia entrar com td. Traumatisei. E quase voltei pro ex

    25 de dezembro de 2014
    • Infelizmente alguns homens imaturos não sabem que o prazer da mulher acabará revertendo para ele.

      Não volte para o ex por conta disso. Mas vá em frente. Não demorará para ter alguém que te complete. Entenda: casais tem personalidade sexual definidas. Achar alguém que faça e goste de tudo como você depende de tentar. Ok?

      26 de dezembro de 2014
  • Discordo quanto ao uso de anestesiantes. Tem “segredos” melhores para que a mulher não sinta dor, salvo ela tente anal com um “cavalo”, tanto em tamanho como em agressividade na penetração. O ânus tem em torno dele, um feixe sensorial erógeno e o anestesiar significa apenas diminuir as sensações que a mulher pode ter, que inclusive, leva algumas mulheres ao orgasmo sem que precisem estimular clitóris durante o anal.

    Espero ter contribuído.

    26 de dezembro de 2014
  • Achei interessante revendo sexshop e as casadas são cheias de medos e tabus

    23 de janeiro de 2015
  • Creio que os casais devem desfrutar do sexo anal se houver acordo, mas os homens devem ajudar as mulheres nesse tipo de relação. Conversar e elogiar o bumbum e o cuzinho delas ajuda muito. É bom começar com beijo e língua para relaxar e lubrificar, sem pressa. Logo se percebe que o anus está mais relaxado e o homem deve sempre acariciar a vulga e o clitoris da mulher para ela sentir a conexão anal sexual. Quando for penetrar lubrifique bem o pênis e entrar devagar , mas não sair e voltar a entrar porque pode dificultar. Como sou grosso uso bastante lubrificante no pau e no cozinho dela, antes de entrar. Uma vez dentro não acabar rápido . De bastante tempo para ela sentir totalmente o membro e com carinho ela vai gozar pedir outra vez. Depois de curtir bastante e ejacular deixe o pinto amolecer dentro dela e sair naturalmente. Se a mulher quiser o homem também deve liberar tudo para ela. Tem que ser recíproco e a maioria das mulheres que transei acabaram gostando muito.

    17 de fevereiro de 2015
  • Acho que ja ouve o tempo que esse assunto era de gerar pavor na mulheradA, hoje em dia nãO. Eu assumo que eu gosto eu faço e pronto. Meu marido e eu curtimos juntos esse momento. BJINHUS

    27 de fevereiro de 2015
  • Então comecei a fazer sexo anal há pouco tempo, não vou menti ainda não senti esse prazer que alguns falam ( mas ainda não desisti :)), gozei durante o sexo anal mas foi pq me masturbava enquanto ele me penetrava, foi bom mas foi normal, até agora nada de extraordinário, como disse, ainda estou tentando me adaptar até as posições e ao sexo anal em si, ele,claro, ficou louco de tesão quando finalmente aceitei rsrsrsrs.

    P.S: estou lendo várias postagens antigas, comentando e me deliciando com as dicas e comentários, adorei mesmo.

    6 de abril de 2015
  • Adorei a matéria! Adoro fazer sexo anal, na maioria das vezes eu que pedi para fazer, quanto a posição Prefiro sentar até pq consigo controlar a entrada do pênis, além de ser excitando pedir p parceiro ficar imóvel só sentindo o pênis dele entrar. Ou de conchinha mesmo ambos conseguem controlar. Eu mesma demoro para chegar ao orgasmo com a penetração vaginal, mas na penetração anal jesus, é uma loucura. Haha… mulheres uma dica não esqueçam de se masturbar, ooo coisa boa!! Botem esses dedos para trabalhar!se você não sabe se dar prazer jamais vai conseguir ajudar seu parceiro a chegar lá!

    28 de agosto de 2015
  • Ola gente o sexo não tem comparação , tudo é bom nesta vida mas fazer amor é uma delicia para ambos .
    Eu não tenho preconceitos apenas quero sempre satisfazer a mulher e eu também ,é um alivio uma coisa que não dá para expressar é uma delicia ,principalmente quando a mulher participa com atitudes de progresso querendo mais fazendo surpresas isto faz eu ficar maluco de tesão .Quero deixar aqui um recadinho para as mulheres ,entregue-se por inteira ao seu parceiro não se preocupe faça pra ele tudo o que vc. já ouviu dizer ,chupe ele ,acaricie ele em todo o seu corpo com beijos e afetos e palavras que muitas vezes é mais que um tesão e assim vc. terá o seu homem muito tesudo por vc. deixe ele te chupar ,morder levemente a sua perseguida e demostre que esta gostando e se vc. tem esta curiosidade não perca tempo fem aça 69 , e assim ele terá liberdade de tocar no seu cu ,não esquiva deixe é o maior carinho que um home quer dar para uma mulher e por sua vez é o mais um home quer de uma mulher meter no cu dela delicadamente com suavidade ,quando ele lamber o seu cu as delicias do sexo o seu tesão vira loucura mantenha-se muito hesitada e sinta o prazer de dar o seu cu ,provoque o seu parceiro dando-lhe dicas do seu tesão anal ,mas não faça frescura deixe ele colocar o dedo dentro com lubrificante ,depois dois dedod amanha ou depois assim seu cu vai se acostumando a receber algo entrando e não só saindo , eu por experiencias gosto muito de ficar passando meu pau no rego da mulher ela de quatro e bem aberta não tenho presas vou pincelando e ela rebolando e gemendo de tesão a respiração forte , até que ela mesmo pede amor enfia um pouco com o pau bem lubrificado e o cu também penetro suavemente devagar , olha quando eu e ela notamos esta tudo dentro ,ai só seguro ela na cintura pois no rebolado dela o pau pode sair e seguro firme até ela gozar gritando de tesão e eu gozo depois , assim estou vivendo tenho 55 anos de idade com estas experiencias em transar ,quero aproveitar a vida em todos os aspectos principalmente metendo ,não fumo e não bebo nada de bebidas com álcool , é o que eu tenho a dizer para os mais jovem e para as mulheres que ainda não buscaram por educação e princípios o sexo anal ,pratique e lembre-se do JoRoSi, beijos a todas e abraços aos parceiros .

    5 de janeiro de 2016
  • Minha namorada tem restrições à prática do sexo anal. Segundo ela me explicou por conta de experiência traumática no passado, não foi nada a força, mas foi de forma brutal.
    Após um ano que estamos juntos, ela resolveu atender aos meus pedidos, porém não obtivemos êxito.
    Ela sente náuseas, tonturas, calafrios. O corpo reage desta forma, incrível!!!
    Há alguma explicação clínica para esta sensação, ou somente seria o psicológico agindo?
    Obrigado!!!!!

    4 de fevereiro de 2016
  • Parabens por estas iniciativas de dar o anus , não existe melhor tesão é lindo as mulheres ,não querem não querem mas sabendo pincelar ,lamber o cuzinho dela , kakakakakak ela só quer pau o cú .
    Beijos a todas as mulheres que aceitam sem frescuras o sexo anal .

    25 de abril de 2016
  • Na verdade com muito lubrificante o anus da um prazer imenso, as vezes combinado com estimulação clitoriana é o máximo. Acho que seria super agradável ainda com a dupla penetração (dois homens em simultâneos. Um no anus e o outro na vagina.

    25 de julho de 2016

Deixe um comentário