HomeSexoLeitora: “Por que nunca tive orgasmo com sexo oral?”

Leitora: “Por que nunca tive orgasmo com sexo oral?”

OralAflicao

Leitora: “Por que nunca tive orgasmo com sexo oral?”

(Foto: Pixabay @Pexels)

“Por tudo que leio nos seus artigos, a maioria das mulheres não consegue chegar ao orgasmo com penetração, só com estimulação direta no clitóris, principalmente sexo oral. Bom, eu sou o contrário! Sempre “chego lá” com penetração e nunca, nem uma vezinha, atingi o orgasmo com sexo oral. Aliás, acho até meio aflitivo sentir a língua dele lá. Acontece que o meu boy adora me fazer oral. Eu queria muito sentir as maravilhas que dizem por aí, mas já testamos de vários jeitos e a sensação que sinto é, no máximo, ok. Você tem alguma dica?”.

A maioria das pessoas adora sashimi. Sou o contrário! Acho até meio aflitiva aquela coisa escorregadia descendo pela garganta. Eu queria muito sentir as maravilhas que dizem por aí, mas prefiro salmão grelhado. “Nooooossa, você não sabe o que tá perdendo”, ouço direto. “Não é possível, então você nunca comeu um bom”. O que eu quero dizer é: todos nós temos preferências, sejam elas conscientes ou não. E a gente não tem que se ver obrigada (o) a gostar de nada. Inclusive de sexo oral, anal, à três etc. Mas é verdade, sim, que você faz parte de uma minoria.

Segundo um levantamento do Datafolha em 2010, com quase 2 mil entrevistados, apenas 22% das mulheres não curtem receber sexo oral. Também fiz uma pesquisa sobre o assunto com as leitoras do meu blog e, das 620 respondentes, 89% disseram que adoram língua na xots. Aquelas que dispensam a prática (11%) escolheram entre algumas justificativas e/ou enviaram comentários. Olha só… 34% não acham prazeroso; 24% têm receio do cheiro/gosto da própria vagina; 11% acham-na feia; 9,9% têm vergonha mas não sabem de quê exatamente; 20,9% alegaram “outras coisas”.

Pelo seu relato, querida, me parece que vocês têm uma boa intimidade sexual. Sexo ORAL é também FALAR pro outro como a gente gosta. Lidar com a questão juntos, testar várias formas de fazer/receber, direcionar os movimentos dele de acordo com as suas sensações. Essa seria minha dica prática. Fuén, vocês já fizeram essa lição de casa. Por que, então, o seu gozo não vem pela boca dele? Se o boy é empenhado em proporcionar o ~babado~… duvido que cometa erros clássicos como “lambida de vaca” e “furadeira” ou não tenha paciência pra te esperar gozar – costumamos demorar mais que eles mesmo.

Você tem dó de ele ficar tanto tempo lá, quase com cãibra nas bochechas, em vez de só aproveitar? Você consegue deixar CLARO se tá rápido, devagar, tedioso, aflitivo? Talvez-quem-sabe-leva-pra-terapia o motivo de você não ligar pro sexo oral ou não conseguir chegar ao orgasmo por meio dele seja algo inconsciente. Ou nem tanto, como mostram os resultados da pesquisa. Por exemplo: deixar alguém meter a fuça entre as nossas pernas pode ser mais desconfortável que deixar meter outras coisas. Pênis não tem olhos, nariz e boca. Dedos e vibradores idem.

Muitas mulheres acham suas vulvas feias. Imaginam que, como na pornografia, devem ser simétricas e lisinhas e rosas e lábios proporcionais etc. Muitas mulheres acham que vaginas fedem. Confundem odor com fedor: nosso corpo exala cheiros mesmo em boas condições de higiene – e não se assemelham à lavanda com amêndoas. Muitas mulheres acham as secreções vaginais nojentas e temem pelo sabor delas. Mas elas são similares àquela ~babinha~ que sai do pênis excitado. Se sentem (ou não percebem que sentem) tudo isso em relação à própria genitália, como podem relaxar tendo alguém cara a cara com ela?

Talvez pra você o sexo oral seja OK mesmo. Ponto final. Talvez a saliva por ali seja bem-vinda apenas para lubrificar melhor a vulva antes da penetração, sua maior fonte de prazer. Tudo certo, tudo lindo. Algumas leitoras e amigas me dizem que a língua lhes dá cócegas. Outras ficam incomodadas com a ~molhadeira~ generalizada. Não encana, não. Quanto mais a gente tenta impor coisas no nosso desejo e no sexo em si, pior fica. De vez em quando, sem pressão, experimento de novo sashimi. Vai que, né? O mais importante é sair satisfeita -mesmo que isso só aconteça, por enquanto, depois de um salmão grelhado.

***Este post foi originalmente publicado na coluna da Nath no Yahoo.

*SIGA PIMENTARIA:

Facebook/napimentaria

Instagram @pimentaria

Twitter/napimentaria

Youtube/napimentaria

Compartilhar:
Sem Comentários

Deixe um comentário