HomeSexo“Como explico para outra mulher que queremos um ménage com ela?”

“Como explico para outra mulher que queremos um ménage com ela?”

desafiomenage

“Como explico para outra mulher que queremos um ménage com ela?”

Nunca na história deste blog recebi tantos emails sobre sexo a três. Ménage é o novo “pretinho básico” dos relacionamentos? Quis publicar a angústia de uma leitora que não sabe como viabilizar essa fantasia e o de outra, que descobriu um caminho bem interessante e está felicíssima. Reparem como elas são jovens e estão em relacionamentos estáveis, ok? Ainda existe um baita estigma de que apenas casais mais velhos buscam essa alternativa para apimentar a vida sexual ou são (muitas aspas aqui) “”””solteiros promíscuos”””.

1) Tenho 28 anos e meu namorado, 29. Fazer um ménage acabou virando a nossa fantasia sexual. Ele já teve essa experiência quando solteiro. A ideia de duas mulheres se tocando me dá tesão, mas não me vejo realmente nessa situação, entende? Só que, quanto mais conversamos, mais tenho vontade. Sinto um frio na barriga ao ouvi-lo descrever o que gostaria de me ver fazendo com uma mulher. Nunca nem dei um beijo em outra. Ao mesmo tempo que me fantasio com isso, fico também cheia de dúvidas. Como “escolher” a outra mulher e explicar o que queremos? Devo começar aos poucos (um dia beijar, no outro algo mais, até chegar no ménage em si) ou é melhor tudo de uma vez? Como não travar quando for beijar uma mulher na primeira vez? Como não sentir ciúmes ao vê-la com meu namorado? É necessário trocar a camisinha ao mudar a penetração de uma para a outra? Parece tão pouco prático… Queria comentar com uma amiga mais liberal sobre essa intenção, talvez saber se ela já fez e como foi. Mas não quero criar expectativa por algo que pode não acontecer. Fato é que o assunto está cada vez mais recorrente, falamos disso praticamente todos os dias. Ele assegura que me ama, que não quer outra mulher, mas apenas viver essa experiência comigo. Estou tentando não estressar e aproveitar o momento!

**

Malaguetita querida. Realmente não dá pra você sair por aí propondo um ménage como quem vai à padaria e diz para a atendente: “Me vê seis pãezinhos – e a sua broa”. O assunto ainda é um mega tabu, portanto mesmo as suas amigas mais próximas podem meter um carimbo de “vadia” na sua testa (ainda que elas não tenham coragem de te dizer). Tabu, meu bem, tem a ver com ignorância e medo. Antes de especular sobre como deve ser o approach, é fundamental se perguntar: “estou fazendo isso POR MIM ou POR ELE?”. Neste último caso, as chances de dar merda são imensas. Agora, se ele atiçou em você uma curiosidade e um desejo que você mesma desconhecia, aí tá tudo bem. Vale lembrar que a excitação causada pela fantasia pode não se concretizar na realidade. Ou seja, você pode estar molhada de tesão só de pensar na possibilidade de beijar e transar com outra mulher. Masssss, na hora H, ficar desconfortável e perceber que não era exatamente como você imaginou. Entende?

Suponhamos que você esteja genuinamente interessada em experimentar e não queira envolver mulheres do seu círculo de amigas… Talvez uma baladinha GLS com o seu namorado seja uma boa – você vai, olha bastante as garotas se beijando e presta atenção em como você se sente. Um encarada mais demorada deve funcionar como um sinal verde para uma conversa ao pé do ouvido e, ops, um lábio esbarra no outro. Abstraia que ela nasceu com xoxota como você. De olhos fechados, língua com língua, isso vai ser detalhe. Impossível prever se você vai gostar, se a outra curtiria sair com você E com seu bofe direto da night para o motel. Porque o complicado do ménage é que AS TRÊS PARTES PRECISAM SE CURTIR MUTUAMENTE. Ela pode gostar de você e você dela, mas seu pimentão nem ficou de pau duro. Ou ela não gosta de meninos. Ou outras tantas incompatibilidades. Enquanto está na cabeça da gente, tudo parece mais fácil, né? Não há regras!

A leitora do depoimento abaixo encontrou no Tinder uma saída para essa questão de “como escolher a terceira peça”, num perfil de casal, dando likes nas garotas que ambos julgavam bacanas/sacanas. Este ano foi lançado o aplicativo “3nder”, a versão liberal do Tinder, mas nunca testei – pelo que li, o número de usuários ainda é bem pequeno (o que é ótimo pela discrição e péssimo pela pouca variedade). Ciúme costuma aparecer nas situações que provocam insegurança na gente, portanto o ideal é que você encare como uma parceria, algo que você e seu namorado vão conquistar juntos – não como “ó, será que ela vai ser mais interessante/bonita/sarada do que eu?”.

AGORA PEGA UMA CANETA E UM BLOQUINHO QUE VOU RESPONDER A SUA DÚVIDA MAIS IMPORTANTE. Camisinha é quesito báááááááásico e precisa, sim, ser trocada cada vez que ele alternar a penetração entre você e a outra. Fora a AIDS, existem inúmeras doenças sexualmente transmissíveis que podem te render de uma pereba com pus a uma infecção complicadíssima. Que tal tirar no par-ou-ímpar quem vai ser penetrada primeiro? Melhor que usar 25 camisinhas numas de “um pouquinho nesse buraquinho e agora quero o buraquinho dela”.

**

2) Tenho 30 anos, sou casada há cinco e tenho uma filhota de oito… Estou no meu auge da sexualidade. Encontrei o parceiro perfeito para sentir tudo o que sempre morri de inveja de quem sentia. Com ele, tive meu primeiro orgasmo múltiplo, aprendi a gostar de sexo anal e pude realizar a maior fantasia dele… um ménage! Descobri que era uma fantasia minha também! Desde que nos casamos, ele dizia sobre o desejo de estar na cama com duas mulheres. Honestamente, eu nunca tinha pensado nisso. Com o passar do tempo e nossas deliciosas conversas, percebi que havia em mim uma curiosidade e que ele despertou. Decidimos que realizar essa fantasia – nosso relacionamento tinha maturidade o suficiente para encarar esse feito. Mas a oportunidade nunca surgia… Nosso alvo não eram pessoas conhecidas e do nosso convívio. Até que fizemos o cadastro no Tinder e começamos a “curtir” garotas. Pra nossa surpresa, o retorno foi rápido. Passamos a trocar mensagens com uma delas pelo Whatsapp e marcamos o encontro. Caprichei na lingerie e ainda opinei na cueca dele. Estávamos super nervosos ao esperá-la num café. Conversamos, tomamos nosso cafezinho, tiramos as dúvidas e ditamos as regras – a única e mais importante era o uso da camisinha. Meu esposo perguntou se iriamos para um local mais “reservado” ou se cada um voltaria pra casa. Nós nos olhamos e ela disse que gostaria de ir conosco. Quando me dei conta, estávamos os três na cama do motel. Tive medo de não saber o que fazer, da minha reação ao vê-lo com outra… afinal, não é porque não sou ciumenta que não tenho medo de ficar sem o homem que tanto amo. Era a primeira vez dela num ménage, o que me deixou mais confortável. Liguei o som, ajeitei a iluminação… e a coisa foi fluindo naturalmente. E admito: gostei de tudo! Gostei de beijar outra mulher, de sentir seu corpo, de ver meu esposo sentindo prazer… gostei da nossa cumplicidade como casal, de como ele não me deixou de lado em nenhum momento. Foi ótimo e intenso. Por algumas horas nos desligamos do mundo e nos entregamos ao prazer. Não paramos aí: já saímos com mais garotas… Jamais imaginei que fosse gostar tanto da coisa! Isso prova que, antes de qualquer pedido do parceiro, temos que saber realmente o que queremos e estar disposto a viver novas experiências. Tem que haver muita sintonia e cumplicidade entre o casal. Conversar muito sobre o assunto, deixar claro os limites e impor regras é fundamental. Santo Tinder!!!

*LEIA MAIS:

“Meu marido propôs sexo a três – e foi incrível”

Tinder, o aplicativo do encontro casual

Swing: Eu, Tu, Eles…

Swing ou balada liberal – eu fui e conto tudinho

Compartilhar:
Comentários
  • Estou vivendo algo bem parecido. E estamos no Tinder também, mas muitas vezes as garatas que dão like para minha namorada querem só pegar ela… é complicado , mas vamos tentando que uma hora dá certo.
    E no 3nder já demos like pra meio mundo que apareceu lá e nenhum “match” ainda. Acho q o app não funciona. rs

    um beijo e boa sorte pra nós 3

    5 de setembro de 2014
  • Acho curioso como a idéia de ménage sempre esta associada com duas mulheres e um homem e muuuuuutiro raramente o contrário. Sinceramente me da impressão que na maioria dos casos é mais uma concessão por parte das mulheres do que uma fantasia genuína. Além do mais, vamos falar a verdade, ja é raríssimo um homem que deixe uma mulher plenamente satisfeita, imagine duas! E depois, para uma mulher a priori heterosexual, deveria ser uma fantasia no mínimo tão atraente quanto dividir a cama com outra mulher. Acho que apesar do diacurso liberal o que realmente acontece é que a maioria das mulheres tem como prioridade satisfazer o parceiro, me da impressão que ainda rola uma boa dose de submissão.

    11 de setembro de 2014
    • Sou homem, hétero, pai e casado há uma década e meia. Minha esposa realizou esta minha fantasia que até então acredita ser possível pagando por serviço profissional. Houve bi feminino e ambos gostamos da experiência. Mas em parte concordo com a Elisa. Fica a impressão de que são elas se empanhando em nos atender. Mas já conversei com a minha esposa sobre um menáge masculino. A questão que me preocupa é puramente insegurança. Quando estamos com outra mulher sinto que não corro o risco de perder minha esposa para ela, mas estando com um homem, este medo existe. Disse a ela que minha preferência seria com um homem homossexual para amenizar minha insegurança. Ela tem a preferência por pessoas que são nossas conhecidas, e assim foi com o menáge feminino, mas com um homem hétero e conhecido seria complicado para mim. Mas estou disposto a correr este risco. Ela merece o meu empenho em satisfazer suas fantasias.

      14 de janeiro de 2016
      • Amigo, eu e minha esposa já fizemos diversos menage/masc, sempre com desconhecidos.
        Partilhar a intimidade e as fantasias do casal com conhecidos, pode cedo ou tarde trazer problemas.
        Além do que com desconhecidos, o clima é mais descontraído e depois de 3 ou 4 encontros, dizemos adeus e partimos para outra experiência.
        Além do que com desconhecidos, existe o clima de sedução do cara para despertar tesão em nossa esposa. Ver os primeiros beijos e quando o clima esquenta ver nossa esposa caindo de boca e mamando gostoso o cara, é um momento inesquecível….

        18 de fevereiro de 2016
    • Eu não posso falar por todas mas posso dar o meu depoimento.
      Eu já fiz menage masculino por fantasia de um ex namorado e não foi nada legal! Por maior respeito que tenha sido achei muita coisa para prestar atenção ao mesmo tempo!!! Meio degradante ver dois caras tentando te usar de todas as formas! Impossível relaxar e gozar e ao mesmo tempo se dedicar ao boquete do outro!!
      Fiz por curiosidade mas não faria de novo.
      Meu marido me sugeriu um menage feminino ano passado e disse que não toparia fazer com homem. Eu dei graças a Deus!rs
      Desde que ele sugeriu a fantasia já nos divertimos muito até realmente acontecer! Fomos pra baladas, paqueramos juntos e beijamos as mulheres atraentes que encontramos. Nem sempre dá certo, às vezes elas só querem ele, às vezes elas só me querem. Já rolou muito ciúme dos dois lados com isso, mas depois passa!! Até que recentemente fomos a uma balada liberal e conseguimos realizar nossa fantasia completa!!

      Olhando pelos dois lados, acho que até por criação os homens são muito mais difíceis de serem abertos a dividirem suas parceiras. Eles têm a ideia que precisam bastar!! Que se a mulher quer outro homem na cama é porque ele não é bom o suficiente. Que vai perder sua mulher pra outro! Já as mulheres crescem ouvindo que é normal um homem sentir desejo em ter duas. Isso ainda é um tabu da sociedade, de criação. Que mulher não sabe separar sexo e amor.
      Eu acredito que ninguém basta! Monogamia 100% é uma utopia furada!! Acredito que a fidelidade está no respeito, na cumplicidade. Como é delicioso sair pra paquerar com seu marido do lado!rsrs Aquele frio na barriga, aquela adrenalina gostosa que tantos buscam fora de casa. Pular a cerca junto é muito mais divertido!
      E se posso dar um conselho a todos os casais: libertem-se de preconceitos! Explorem JUNTOS o que o mundo tem a oferecer!!

      Beijos!

      24 de junho de 2016
  • Eu e meu marido( Ambos héteros ) já fizemos troca e menage masculino. Eu gostaria de retribuir e fazer menage feminino ( mas a outra teria que ser uma mulher hétera como eue não rolar nada entre eu e ela ) Porém todas as mulheres que curtem casal, exigem o bí feminino e muita dizem que não topariam qualquer coisa com meu marido, pois já lhes basta o marido ( namorado ou noivo ). Sinceramente ????? Nem vou perder meu tempo !

    15 de dezembro de 2014
    • Estou procurando uma a tempos

      11 de outubro de 2015
    • Também sou hétera, mas percebi que no menagé, mas o sexo sem o envolvimento dos três integrantes não é a mesma coisa, não saíria com uma mulher sózinha, mas a três o tesão é diferente, ai rola legal.

      27 de janeiro de 2016
      • Sim, parece ser mais legal assim….que tal nos conhecermos?

        22 de março de 2016
  • Estou à procura de uma mulher pra realizar o menage feminino, meu marido sonha com esse momento.

    4 de julho de 2015
    • Eu também estou mais mao sei como chegar em ninguem

      11 de outubro de 2015
      • Bem interessante

        16 de novembro de 2015
      • Gaby, se quiser comhecer um casal oriental, ambos inexperientes, 45 anos ele e ela 42….estamos a disposição, quem sabe um café a 3 para conversar..

        22 de março de 2016
    • Boa tarde
      Minha namorada esta curiosa e com muito tesão para fazer um menage masculino. Na verdade eu gostaria de fazer um feminino mas ela diz que se eu permitir um masculino ela ira me retribuir com um feminino….qual a idade de vcs? Onde moram? Quem sabe podemos bater um papo e resolver essa pendência??? Obrigado

      20 de dezembro de 2015
  • Na moral. Sou gay, tenhonum namorado clm esse “desejo”, mas ele quer me ver com uma mulher! lol acho isso nogento, mas nao acho um geito de explicar pra ele que osso nunca vai acontecer! Eu o amo e preferiria terminar e nao ver ele vivendo com uma mulher do que viver ao lafo dele tendo que vê-lo ao lafo de uma… #nojoeternodisso
    Socorro, me deem uma dica, de como tirar isso da cabeça dele!

    6 de agosto de 2015
  • teclado do celular uma bosta aqui! mau ai!!!! português, nem fala!

    6 de agosto de 2015
  • Conheci meu parceiro pelo Asheley, e um dia o assunto rolou sobre Menage, e ele deixou claro que aceitaria o que eu quisesse, a principio seria mais uma garota, mas nao aconteceu.
    Meu presente de aniversario foi um menage com um amigo dele.
    Foi uma experiencia maravilhosa!
    (desculpem, meu teclado esta desprogramado

    26 de outubro de 2015
  • Eu queria mt um menage, eu, meu esposo e uma garota. Já falamos mt sobre o assunto há um tempo, mas sempre que conheço uma garota ela quer ficar cmg mas n com ele. E olha q ele eh um moreno mt bonito e ambos somos jovens. Ultimamente esse assunto até caiu no esquecimento. Mas lendo isso achei uma possível luz. Tinder! ! ^.~
    Boa sorte a todos q estão a procura.

    16 de dezembro de 2015
  • SOBRE SEXO A TRÊS SEM HOMO !!!!
    Eu e meu marido já fizemos a três com mais outro homem, várias vezes.
    Quando procurei por outra mulher para fazermos sexo a três ( Eu + meu marido + outra mulher ), todas exigiam o bí/fem.
    Minhas conclusões e reflexões:
    – Pelo jeito a quase totalidade das mulheres acham mais excitante sexo com a esposa, do que com um marido bonito e charmoso como o meu;
    – As fantasias femininas não inclui o prazer de fazer sexo com um marido na frente da esposa dele. Ao contrário das fantasias masculinas, pois já testemunhei e desfrutei do prazer de quanto os homens acham excitante pegar a esposa na frente do marido…

    25 de janeiro de 2016
  • Adorei a experiência!
    Primeiro meu parceiro, sim parceiro, não é namorado, me deu de aniversário uma noite a 3 com seu amigo, e depois saímos com outra menina. Gostei muito das duas experiências.

    26 de janeiro de 2016
  • eu gostaria de fazer o menage masculino, mas sem homo, ja o menage feminino fica sem noçao um homem e duas mulheres , uma mulher fica sobrando né! estou procurando mulher bissexual solteira para relacionamento

    27 de janeiro de 2016
  • Oi gente

    Meu marido não tem fantasia de duas mulheres, mas adoraria me ver com outro homem. Confesso Q né excita também mas tenho medo. Estou no tinder também.

    Bj

    13 de março de 2016
  • Realmente as mulheres logo querem saber se a esposa é bi, querem foto dela antes que dele. Querem transar com sua esposa e se não tiver como fugir, transar um pouco com vc.
    Concordo com a esposa que postou que parece que não faz parte da fantasia feminina transar com o marido da outra na frente dela. Já o homem (pelo menos é meu caso) tem muito tesão em pegar a esposa na frente do marido e se empenha ao maximo para dar muito prazer a ela, tenta dar mais prazer a ela, embora eu ache dificil que o marido.

    19 de agosto de 2016
  • olá namora a 6 meses e sempre tive a fantasia de fazer um menage a 3 pois encontrei um parceiro ideal que aceita tudo que peço pra ele e num belo dia recentemente ele me chamou pra sairmos num final de semana,até ai pra mim era um dia normal ia mos namorar passou na minha cabeça mas ao esperar num local proximo de casa confesso que achei estranho pq ele sempre me pega na porta de casa.Mas ele me pediu porque queria me fazer uma surpresa convidou um amigo dele pra realizar o meu desejo e confesso que foi ótimo e adorei realizar.
    mas agora ele que esta me pedindo pra realizar o desejo dele so que estou tento dificuldade pois tenho poucas amizades com mulher e não e facil enontrar alguem que tope e me disperta a curiosidade?
    adoraria realiza-lo

    7 de setembro de 2016
  • Bom, sou homem bissexual, e é complicado explicar isso para a parceira, quanto mais realizar, tenho fantasia de sair com um casal onde o homem curta bi masculino, veja bem, a maioria nem admite e realmente existe um preconceito até no meio swing rsrs. e quando se coloca anuncio em sites a maioria dos homens quer traçar sua esposa, eu conheci um casal aqui em uma cidade vizinha , mas ainda não aconteceu.(Sou de Goiania GO)

    15 de setembro de 2016

Deixe um comentário