HomeToysProcura-se um homem que goste de vibradores

Procura-se um homem que goste de vibradores

medovibrador

Procura-se um homem que goste de vibradores

Tudo bem não aceitar meu mau-humor matinal, meu macarrão com batata palha e minha mania de cantarolar pagodes dos anos 1990. Mas não venha de mimimi pra cima dos meus vibradores. Por que certos homens dão aos sex toys status de macho concorrente? A gente não dorme de conchinha com eles, não conversa sobre cinema nem pede colo quando o dia de trabalho foi terrível… Porra! Aliás, taí outra coisa: não dá pra engravidar de um objeto à pilha. Imagina você parindo um consolinho pink em cyber skin, com as cinco velocidades do créu e bateria recarregável?

Cansei de ouvir amigas e leitoras contando que os parceiros têm CIÚMES de vibrador. Gostaria de perguntar a eles se olham torto também pros dedos delas… porque, né? Primeiro, o cara precisa entender que o seu prazer não é exclusividade dele. As mulheres boas de cama são aquelas que conhecem os atalhos do próprio corpo e sabem chegar sozinhas ao orgasmo. Claro que essa aparente “autossuficiência” assusta, faz com que eles se sintam descartáveis. Então eu rebato a questão: eles deixam de se masturbar no banho ou vendo vídeos pornôs na internet quando estão num relacionamento? NOT!

Segundo, um amante bem-resolvido não se sente ameaçado caso suas medidas se mostrem inferiores ao tamanho e à grossura do brinquedinho. Tá, você não vai aparecer com a réplica do Kid Bengala – uma jeba de 32 centímetros mais roliça que meu antebraço. Sejamos razoáveis, amiga. Hoje o mercado erótico oferece uma porção de modelos que sequer lembram uma estrutura fálica. Por exemplo, os bullets: estimuladores clitorianos de apenas 4 centímetros (espero sinceramente que o membro humano disponível por aí seja maior). Quase como um batom, cabe na nécessaire e também pode ser usado nos lábios…debaixo. Isso me leva a outro argumento imbatível.

Sete em cada dez mulheres não goza com penetração, que é justamente a prática mais excitante pros homens. Ou seja, o vibrador pode ser um ótimo aliado. Tanto para tunar as preliminares e o sexo oral, quanto no “ato sexual” em si. O bofe se delicia te preenchendo e você posiciona o toy sobre aquele botãozinho mágico chamado clitóris. Aumenta muito as chances de ambos atingirem o clímax juntos AND intensifica horrores as suas sensações. Da próxima vez que seu namorado/marido perguntar se “precisa mesmo disso”, convença-o de que não se trata de um substituto. É como um gadget pro pau: um acessório dispensável, mas que amplia as funcionalidades do produto.

E se você tá na pixxxxta, boa sorte na procura. Esses homens existem. Eu encontrei o meu.

*LEIA MAIS:

Os 15 melhores sex toys para 2015

“Quero comprar meu primeiro vibrador. Me ajuda?”

Vagina: Pau, precisamos conversar

O que é um homem bom de cama? Elas respondem

O que é uma mulher boa de cama? Eles respondem

Compartilhar:
Comentários
  • Pura besteira.
    Homens devem se deixar levar pelo prazer que é ver sua mulher se masturbando com um vibrador, imaginando seja lá o que for : transando com um estranho, um colega, etc e ainda devem ajudar nisso se precisar.
    Devem também se deixar excitar pelo toque anal com os dedos da parceira e com o vibrador , vivendo a fantasia de ser passivo , permitindo-se sentir o que sua gata sente ao ser penetrada.
    Não existe barreira, nem etiquetas.
    Existe insegurança e preconceito tolos.

    12 de janeiro de 2015
  • Só não aprovei a generalização de que a penetração é o mais excitante para os os homens! Isso não vale para todos.
    Mais vale ver a parceira se contorcer com um oral bem aplicado do que com a penetração pura e simples.
    E outra, não subestimem o poder de um bom boquete. Mulheres que sabem usar a boca e que não transam com as costas na cama merecem aplausos!

    12 de janeiro de 2015
  • A-DO-REI Nat :)
    Me sinto felizarda de estar em um relacionamento em que posso conversar com meu namorado sobre essas coisas, usar um vibrador e dividir minhas fantasias sem neuras e sem esses ciumes.
    Mas nem era pra eu me sentir assim, ne? Era pra isso ser normal, natural pra todos os casais.
    Beijos

    12 de janeiro de 2015
  • Deixa ver se entendi… Vc comparou masturbação masculina com vibrador!? Queria saber se vc gostaria q seu namorado tivesse uma buceta de plástico ou uma boneca inflável, pra ver se vc iria se sentir bem…

    14 de janeiro de 2015
    • hahaha feminismo estraga as pessoas… sim eu tenho “vagina de plastico”,vibrador pra usar com ficantes, acho que isso deve ser exaltado.Temos uma cultura que se a mulher mostra que gosta de sexo ela é vagabunda, puta. e o o homem deve tomar a iniciativa.É hora de inverter os papeis.Uma mulher usando seu encantos é fantastico!!!

      Prefiro uma mulher bem resolvida que nao deixa a bct pra terra comer de que uma que espera 3 meses pq nao quer ser vista como puta,essa é o diabo kkk a primeira foi tocada por D’us

      19 de setembro de 2015
  • E outra coisa, pra vc ficar procurando brinquedinho, é pq o cara não ta dando conta, sinto muito…

    14 de janeiro de 2015
    • O que vale e a experiencia.Nao existe traiçao,existe se sentir traido,coisa de gente insegura e possesiva

      19 de setembro de 2015
  • VDD,tem cada cara careta,eu mesmo só consigo chegar lá se eu usar um vibrador ultra potente no clitóris,senão sem chance de eu ter um orgasmo,eu acho que eu seria uma daquelas mulheres “frígidas” pq eu nunca ia ter um orgasmo só com a penetração,mas a minha sorte é que eu me masturbo escondida obviamente e ficava cheia de culpa desde dos meus 14 anos,engraçado que agente aprende a fazer isso instintivamente,mas depois que eu comecei a minha vida sexual,percebi como a masturbação foi e é importante para eu conhecer o meu corpo,e entender melhor o meu prazer. Então mãos e vibradores a obra mulherada kkkkk

    18 de janeiro de 2015
  • Vale tudo pelo prazer,desde que seja bom para os dois, brinquedos eróticos, ótimo ,estimula fantasias,sai da rotina,nada que um bom diálogo e mente aberta para estimular a criatividade !Quem não conhece está perdendo !

    8 de março de 2015
  • O que mais vejo são pessoas preconceituosas e recalcadas, minha esposa tem 3 vibradores de modelos distintos, sendo que 2 deles fui eu quem dei de presente para ela e o outro estavamos junto no sex shop quando foi comprado. Um deles é maior que o meu e ai eu pergunto: Qual é o problema nisso?
    Seus tontos, deixem suas mulheres se divertirem e podem ter certeza que terão um ganho na hora de transar com elas, imensurável. Vão por mim, experiência propria.

    19 de março de 2015
  • Namoro e tenho um relacionamento muito aberto com minha namorada sobre conversar de todo o tipo de coisas.
    Comprei um vibrador pra ela ( indico: http://www.mahousexshop.com ) e usamos sempre que possível de acordo com a vontade dela e não me sinto nem um pouco intimidado com isso.
    Muito pelo contrário. Ela sente prazer e nossa transa fica ainda mais gostosa.
    Ela não usa sempre em nossas transas.. apenas quando realmente ta a fim de uma apimentada melhor que assistir filmes pornos ou algo do tipo.

    22 de julho de 2015
    • Concordo Paulo,acho que tudo que possa sair da rotina e estimular a parceira é válido !

      23 de julho de 2015
  • Eu sempre pensei que uma boa transa não é feita apenas do pênis e vagina, que nasci com dez dedos nas mãos e um língua e a tecnologia nos trouxeram outra gama de recursos. Sempre trouxe os brinquedos (consolos, vibradores, bullets, geís, etc) para a nossa cama, mais as vezes sinto que minha esposa “trava” com isso, digo que penso em realizar qualquer fantasia, como dupla penetração, ser penetrada enquanto faço sexo oral, mais as a sinto um pouco ‘machista”, daquelas que foram condicionadas a acreditar somente na penetração, Ela justifica dizendo que adora me sentir fazendo amor com ela, que gosta de sentir meu corpo suado e eu contra argumento que mesmo usando os brinquedos também estou ali, pois o meu maior prazer é sentir ela gozando, seu corpo se contorcendo e tremendo e sei que somente com o meu pênis e preliminares não consigo. Estou errado em pensar dessa forma? Como poderia argumentar com ela sobre essa minha visão? Beijos

    1 de setembro de 2015
    • Levi,mulheres são assim,meu pênis tem 13 cm,comprei brinquedos eróticos e acessórios para poder sair da rotina e poder proporcionar novas sensações a minha esposa,deixo ela a vontade para decidir se quer ou não usar,no início usavamos algumas vezes,mas agora ela diz que prefere o meu mesmo,mas tem facilidade para chegar ao orgasmo, tanto no sexo oral ,como na penetração.
      Acredito que sua esposa tem que se descobrir para chegar ao orgasmo com você, pois sua parte você faz,ela tem que estimular fantasias e colocar a mente pra trabalhar somente em pró do prazer dela,se ela não se desliga do mundo real,não vai conseguir chegar.
      Sou totalmente a favor dos artigos eróticos,vocês podem começar sem e finalizar com os artigos e vice e versa, vai da vontade e do momento.

      4 de setembro de 2015
    • Insista com ela de forma sutil.. nao desista.Pra te agradar ela vai fazer o que for possível

      19 de setembro de 2015
  • Haha,não precisa me pagar,espero estar ajudando no esclarecimento das dúvidas e sendo coerente nas minhas respostas.

    6 de setembro de 2015
  • Existem produtos para a masturbação masculina também, como as “fleshlights” (vaginas artificiais), mas acredito que a maioria dos homens nem conheçam porque gostam menos de “brinquedos” do que as mulheres. Eu particularmente acho essas coisas para colocar no pênis, como anéis penianos, “broxantes”, eu prefiro masturbar com minha própria mão.
    Hoje a modinha feminista reduziu todos os tabus sexuais a “machismo”, mas me pergunto como se sentiria uma mulher se o marido ou namorado levasse uma “fleshligth” para o sexo.
    Não é algo que me excita, mas não tenho nada contra a mulher usar um vibrador para se excitar sozinha ou enquanto estivermos juntos, eu não me sinto ameaçado ou ofendido por um “objeto”, se ela gostar pode usar que da minha parte não há nenhum problema.
    Não gostei da generalização sobre homens preferirem a penetração, o que mais me excita é um boquete bem feito e demorado, prefiro gozar na boca do que na vagina, mas depende muito da mulher saber fazer, poucas sabem fazer isso de forma ótima. No entanto, realmente há muito mais mulheres que preferem receber sexo oral à penetração do que o contrário, o fato do clitóris ser um órgão externo deve contribuir bastante para isso, a maioria nem tem orgasmo com penetração, tanto é que o estímulo produzido pelo vibrado é vibração, bem diferente da penetração (pênis não vibra).

    3 de dezembro de 2015
  • Comprei um pra minha ex, brincava bastante com ela. Ela tinha 2x eu, comprei um do mesmo tamanho hehe.

    27 de fevereiro de 2016

Deixe um comentário