HomeToysNão parece, mas é um vibrador

Não parece, mas é um vibrador

vibradorestranho

Não parece, mas é um vibrador

(Divulgação / Revel Body)

O que é o que é? Não tem formato fálico, não enfia em lugar nenhum, leva a maioria das mulheres a intensos orgasmos. Resposta: os mais modernos sex toys do mercado erótico mundial. Se você disse “língua” ou “chocolate”, tá valendo também. Eis uma seleção de seis vibradores com design diferentão edisfarçável.

1.       Revel Body ONE

Por outro ângulo: a parte de trás do sex toy também tem função… (Divulgação / Revel Body)

O formato lembra um globo ocular ou um timer de cozinha (do tipo que apita quando você deve tirar o bolo do forno). Essa coisa redonda tem uma bolinha rosa que fica pulsando em oito diferentes padrões de vibração – advinha onde deve ser posicionada? Do outro lado, a parte côncava provoca uma espécie de sucção leve se colocada sobre o clitóris. Feita de um silicone meio aveludado, assim como os melhores produtos eróticos, vem com entrada e cabo USB. Ãhã, não requer pilha ou troca de bateria. Achei engraçado que esse vibrador, segundo o fabricante, emite uma frequência sonora “mística”… aquele mantra “ooommm” dos praticantes de ioga, sabe? Diz que isso aí ajuda o corpo a relaxar e obter mais prazer. Custa cerca de R$ 500.

2.       We Vibe

(Divulgação / We Vibe)

Prazer três-em-um. É o que promete (e cumpre) esse famoso sex toy que parece uma letra C flexível. As duas extremidades são equipadas com motorzinhos: uma deve ser posicionada sobre o clitóris e a outra, introduzida no canal vaginal. Como a haste é macia e mais achatada, o homem pode penetrar junto. Ou seja, a mulher recebe um estímulo fora e dois dentro! O cara também se beneficia porque sente a vibração no pênis. Duvido que alguém não chegue ao (s) orgasmo (s) usando isso. À prova d’água, carrega por USB, vem com controle remoto sem fio e tem aplicativo de celular pra mudar o ritmo do Araketu – deixa todo mundo pulando que nem pipoca. É caro: em média, R$ 1.200.

3.       Eva

(Divulgação / Dame Products)

“Onde enfia isso?”, você me pergunta. Em nenhum lugar. Tem que encaixar essas alças, que são molinhas e flexíveis, por baixo dos grandes lábios. Se não posicionar direito, ele vai escorregar durante o sexo, então requer certa habilidade. O motor vibra sobre o alto da vulva e, portanto, pega toda a região do clitóris. Não bloqueia a entrada do canal vaginal, o cara pode penetrar tranquilamente. E, graças às alças, ambos ficam com as mãos livres – sem ter que segurar um vibra ou mesmo usar os dedos enquanto rola o entra-e-sai. Três velocidades, à prova d’água e carrega por USB. Preço médio: R$ 1.000.

4.       Gring

(Divulgação / Loja do Prazer)

Três centímetros de largura, quatro de comprimento. Muito pequeno mesmo. Podia ser um anel modernoso, mas é uma dedeira vibratória com seis velocidades. Traz um mini-embora-potente motor embutido pra instigar mamilos, clitóris e onde mais der vontade enquanto rolam as preliminares ou durante a penetração (sete em cada dez mulheres não conseguem gozar apenas com o pênis na vagina). Como você precisa encaixar no dedo, não corre o risco de se perder na cama ou em algum orifício. Fora que, se alguém achar numa gaveta ou na nécessaire, não vai ter a menor ideia do que se trata… Carrega por USB e, com carga total, aguenta QUATRO horas. Sai por R$ 274,90 aqui.

5.       Butterfly The Harlow

(Divulgação / Closet Collection)

Essa “brabuleta” danada de 13 centímetros é toda ergonômica: o formato curvilíneo encaixa na vulva, do clitóris à entrada da vagina, fazendo com que toda a extensão sinta o paranauê. Você pode escolher – ou ir alternando – entre os doze tipos de vibração. Talvez seja meio infantil (leia-se brochante) pra usar na frente do bofe, mas dá pra se divertir sozinha. “Ó, que horror, esta colunista está sugerindo que as mulheres se masturbem! ”. Exatamente, você entendeu direitinho. Precisa de pilha, tá? Custa uns R$ 200.

6.       Womanizer

(Divulgação / Womanizer)

Olha, pelo preço (R$ 2.500), eu achei que a compra desse vibrador incluía uma viagem à Marte. Mas a única promessa é ver estrelas. De acordo com uma pesquisa realizada pelo fabricante, mais da metade das usuárias do produto chegou ao orgasmo em menos de um minuto e 73% disseram ter tido orgasmos múltiplos. Tudo por causa do pequeno bocal macio que faz sucções e vibrações no clitóris. Só isso, migos. Será como um bagre limpador de vidros de aquário com aquela boca-ventosa que gruda e fica ali pra sempre? Não testei (ainda) pra contar.

***Este post foi originalmente publicado na coluna da Nath no Yahoo.
*SIGA PIMENTARIA:

– Facebook/napimentaria

– Instagram @pimentaria

– Twitter/napimentaria

– Youtube/napimentaria

– Snapchat/nathpimentaria

Compartilhar:
Sem Comentários

Deixe um comentário