HomeSexoAbsorva seu preconceito: como funciona o coletor menstrual
coletormenstrual

Absorva seu preconceito: como funciona o coletor menstrual

As gavetas das nossas bisavós guardavam toalhinhas para quando estivessem “naqueles dias”. O sangue era absorvido por faixas de tecido dobradas em três partes, lavadas e reutilizadas. Com tanto volume entre as pernas, dá pra entender por que calça skinny só virou moda décadas mais tarde… E hoje o que achariam de um copinho dentro da vagina para reter a menstruação? Nojento? Coisa de hippie? Se você tem cólicas só de pensar num “troço desses”… enrole a ideia antiquada no saquinho e descarte no lixo.

O coletor menstrual é reutilizável, dura cerca de três anos e tem o melhor custo-benefício (entre R$ 50 e R$ 90). Um único absorvente externo leva cerca de 100 anos para se degradar na natureza. Faça as contas: quantos você usa por ciclo e quanto polui/gasta com eles? Embora o apelido “copinho” talvez assuste, ele é feito de silicone médico bem flexível e não causa alergias. Não incomoda nem aparece: pode praticar esportes, entrar na água etc. E como o sangue é coletado dentro do canal vaginal, não rola aquele cheiro característico. Mas a maior vantagem é que ele te tornar muito mais íntima da sua vagina – e isso vai refletir na sua vida sexual.

Ao contrário do absorvente interno, em que basta empurrar com o dedo ou aplicador, você precisará explorar de verdade a própria anatomia. O coletor só é contraindicado para quem ainda não teve relações sexuais (o hímen pode se romper) e para as puérperas (mulheres que tiveram filhos há menos de 40 dias). Existem vários modelos e marcas de coletores no mercado, mais fáceis de encontrar em sites do que em farmácias. Preste atenção ao tamanho: um tipo é recomendado para mulheres acima dos 30 anos ou que já pariram (parto normal ou não); outro para mulheres abaixo dos 30 anos que nunca pariram. Não desista se a primeira ~tampa~ não servir na sua ~panela~. Fatores como altura do colo do útero e tônus muscular podem interferir nesse encaixe.

977 - BOX SAUDE

Antes de qualquer coisa, ferva o copinho por cinco minutos – só com água, nada de detergente e desinfetante! Não espere a menstruação para estreá-lo, assim você já vai acostumando com a técnica. É preciso dobrar as bordas antes de introduzir no canal vaginal para que o coletor abra lá dentro, vendando as paredes e impedindo a saída do sangue. Fica tranquila que não é difícil como fazer origamis e muitos vídeos-tutoriais ensinam diferentes dobras. Passar lubrificante nas bordas do coletor ajuda a deslizar mais fácil.

Nada de afundar até o esôfago, viu? A pontinha dele deve ficar a mais ou menos 1 cm da entrada da vagina. No começo, se estiver atrapalhada e com medo de vazar… Use um absorvente junto enquanto ganha prática. Pode fazer xixi e cocô sem retirar o coletor, mas JAMAIS fazer sexo com ele. A cada 12 horas, no máximo, precisa tirar e esvaziar o sangue dali. Quando a última gota vermelha do mês desaparecer, ferva o copinho por cinco minutos e guarde pro próximo ciclo.

*Você pode COMPRAR creminhos / brinquedinhos eróticos com desconto AQUI.

SIGA PIMENTARIA:

– Facebook/napimentaria

– Instagram @pimentaria

– Twitter/napimentaria

– Youtube/napimentaria 

Compartilhar:
Sem Comentários

Deixe um comentário