HomeSexoSecura vaginal: um dos efeitos chatos da menopausa

Secura vaginal: um dos efeitos chatos da menopausa

menopausa

Secura vaginal: um dos efeitos chatos da menopausa

Enquanto os primeiros fios grisalhos inventam de povoar minha cabeça, me pergunto como será a menopausa. Porque é, sim, uma fase de mudanças importantes no corpo da mulher. Em geral, a partir dos 45 anos, elas já percebem que a irregularidade do ciclo menstrual anuncia: “a última menstruação da sua vida está próxima”. Seria lindo se pudessem só comemorar o fim dos gastos com absorventes e remédios para cólica…

O problema é que aí chegam as ondas de calor, responsáveis por deixá-las suadas e cheias de lencinhos na bolsa. Por outro lado, a mucosa da vagina resseca, provocando uma coceira constrangedora. Natureza ingrata: custava molhar as partes certas? Isso acontece porque, com a idade da mulher, o ovário reduz significativamente a produção de um hormônio chamado estrogênio. O tecido que reveste o canal vaginal fica mais fino, menos elástico e menos lubrificado. Quando lá dentro tá seco, o atrito do pênis na penetração pode causar uma sensação terrível de queimação, dor, infecções e até sangramento. Ou seja, nenhum prazer no sexo.

Então, ó, anota duas dicas básicas e infalíveis contra a secura vaginal.

1. Compre um lubrificante à base de água em qualquer farmácia (ou sex shop) e besunte tudo. Nada de produtos à base de óleo porque eles mancham roupa/lençol, podem causar alergia e estragar a camisinha. Você pode usar não apenas pra que a penetração deslize mais fácil (e gostoso), mas também na masturbação e no sexo anal. Assim você se sente mais segura, sem medo de que sexo represente dor. E ainda aumenta sua autoestima, já que fazer sexo é ótimo para o bem-estar físico e emocional.

2. Peça para o(a) parceiro(a) não economizar nas preliminares. Não é hora de miguelar! Testem novos estímulos, descubram novas partes erógenas do corpo, encontrem as posições sexuais mais confortáveis, abusem das fantasias e de tudo que possa te deixar mais excitada. Com a idade, o corpo da mulher costuma precisar de mais tempo para responder ao tesão. 

Ah, vale dizer que hoje existem vários tipos de tratamento para prevenir e minimizar os sintomas da menopausa, incluindo terapias de reposição hormonal (comprimidos, adesivos, cremes e anéis vaginais). Só que uma visita ao ginecologista é fundamental para saber qual deles é o mais indicado pra você – fuja de receitas disponíveis na internet! Uma avaliação médica séria leva em conta o histórico de saúde da mulher, os exames hormonais, a intensidade dos sintomas etc. Procure saber também sobre alternativas fitoterápicas e sessões de acupuntura. Uma última dica sobre a vagina na crise da meia-idade: use pra não enferrujar…

>>> CONTEÚDO APOIADO PELOS LUBRIFICANTES K-MED.  CONFIRA A COLUNA DA NATH POR LÁ :)  

***SIGA O PIMENTARIA:

Facebook/napimentaria

Instagram @pimentaria

Youtube/napimentaria

Twitter/napimentaria

Compartilhar:

Deixe um comentário