HomeSexoQuartos de motéis: pela alegria do gozo alheio

Quartos de motéis: pela alegria do gozo alheio

quartos_moteis

Quartos de motéis: pela alegria do gozo alheio

A artista plástica L* estava em um motel com o namorado quando sacou o celular pra tirar uma foto. Ela reparou que o lençol estava com uma marca de suor: o corpo dele desenhado ali. Achou bonito. Como se naquele não-lugar, onde tantos amantes trepam afoitos a cada par de horas, eles tivessem registrado o amor em forma de tesão. Virou quase um fetiche do casal – em junho, criaram a página “Quartos de Motéis” no Twitter e no Instagram.

Agora, o mais legal foi como eu descobri essa história. A L* é leitora assídua do Pimentaria e me mandou um email depois de ler o post sobre educação sexual repressora. Ela se identificou com as escapadas das minhas amigas porque sempre passou o maior perrengue dentro de casa. Os pais, religiosos e conservadores, nunca a deixaram dormir fora nem trazer o namorado para passar a noite. Ainda hoje é assim, embora ela tenha 28 anos e trabalhe. E você acha que ela segurou o facho por causa desse empecilho, meu bem?

quarto2Que nada. A malaguetinha recorreu à alternativa mais conveniente e virou expert em motéis. Toda sexta-feira, depois do expediente, o casal vai pra “happy hour”. A questão é que eles frequentam também aos sábados AND domingos (#invejabraba). “Vocês são ricos, né, gata?”, não resisti. Ela riu aquela gargalhada de quem tá dando que é uma beleza. “Não! A gente gasta em motel o equivalente a um aluguel por mês, mas temos a vantagem de morar com nossos pais”. O negócio é tão sério que o wi-fi do celular deles já liga automaticamente em alguns quartos e certas recepcionistas já sabem o sabor preferido da pizza.

Óbvio que eu pedi algumas dicas de endereços imperdíveis em São Paulo. Ó, ela me disse que a melhor gastronomia é do Apple, na Barra Funda. Você come bem nos dois sentidos. E aos domingos, o tradicional período de três horas é estendido para seis. O Swing, no Morumbi, tem suítes “normais” e interativas, com parede de vidro pra espiar o casal do quarto ao lado. E, segundo L*, o chá da tarde é bem bom (viu, Rainha Elizabeth?). Pra quem mora no ABC, a indicação fica para o Confidence, com a melhor pizza (acho que o casal curte mesmo meia-mussarela-meia-calabresa). O requisito mais básico pra L* e pra mim é limpeza. Piscina, por exemplo, não nos parece muito higiênico. E cortinas de veludo, como as que vi no Colonial, me dão bad vibe e rinite.

Os dois sempre racham a conta (“eu aproveito tanto quanto ele!”) e já foram ao motel apenas pra dormir abraçadinho. Eles pretendem casar no ano que vem, o que deve diminuir a verba moteleira. Eu torço pra que o casal continue bagunçando lençol desconhecido e testando muita banheira de hidromassagem. Sou a favor do gozo alheio. Desde que nos mantenham informados sobre os melhores “luminosos”.

Compartilhar:
Comentários
  • Eu e meu namorado (sim, somos gay, mas não do tipo afeminado, para deixar bem claro)… Nossas familias sabem, mas preferimos ir ao Motel toda a semana, as vezes nas sextas ou Sábados, mas domingo sempre ! Sim gastamos muito com isso, mas ambos preferimos morar na casa dos pais do que pagar um Aluguel, na minha opinião não curto muito, mas é a opção mais viável para nos neste momento… Me identifiquei com a L*, pois além de variar os motéis da cidade (temos alguns bem discretos) as recepcionistas já conhecem pela voz e sabem que somos exigentes com chuveiro (justamente para não gastar muita água), já as banheiras somos neuróticos, quando usamos faço um ritual de limpeza antes… Não sei até quando vai (3 anos já se passaram), mas pensamos em algum momento nos juntar em um “cantinho “, o que carinhosamente nós chamamos de um apartamento ou casa nossa.

    23 de outubro de 2013
  • Sei exatamente como é essa situação. Confesso que gosto bastante dessas aventuras em motéis, são tantas histórias, tantas risadas. Em alguns também já somos conhecidos, e já ganhamos descontos por diversas vezes, rsrs… Lá se vão dois anos de muitas aventuras e diversão completa!!! Confesso que adoro motel, e que o quesito limpeza é fundamental!

    24 de outubro de 2013
  • Como funciona estas paredes de vidro quando não se sentir a vontade pode fechar aguardo uma resposta boa tarde.

    14 de maio de 2015

Deixe um comentário