HomeSexoFio terra neles: o prazer da próstata

Fio terra neles: o prazer da próstata

fioterra1

Fio terra neles: o prazer da próstata

“Meu cu é via de mão única: nada entra, só sai”. É o discurso clichê de (quase) todo macho heterossexual. Daí o motivo de tamanho preconceito com a penetração anal – ainda que seja apenas por um dedo fino e feminino. Aqui um manual básico para descontruir mitos e fazer com que você regule menos as pregas.

1. Todo homem tem um ponto P – e é igual ao ponto G feminino?

Os pesquisadores em sexualidade ainda não chegaram num consenso sobre a existência dos pontos P masculino e G feminino. Muito menos se todos nós nascemos com um deles OU se apenas alguns tiveram sorte na loteria genética. Mas os massagistas tântricos garantem que sim, temos um botãozinho mágico da gozada transcendental. Não sei vocês, mas eu tô pedindo ajuda até do Waze pra encontrar o meu…

 2. Onde ele fica?

Na glândula da próstata: uma protuberância macia, menor que uma noz, em lugar mega-ultra-irrigado de terminações nervosas sensíveis na parede do reto (isso, o cu mesmo). Acredita-se que entre dois e quatro centímetros da entrada do ânus. Imagine um daqueles transferidores geométricos que você usava na aula de desenho geométrico. Imaginou? Tá. Então, o intestino ficaria aos 90 graus (uma linha reta em direção a sua garganta) e a próstata, a uns 50 graus, no sentido do pênis.

estimuladoresprostata

 3. Como se chega lá?

Pelo cu, amigo. Sorry, mas ainda não inventaram atalhos. Do contrário, “os ómi tudo” não morreriam de medo de realizar o exame de toque no urologista para prevenir câncer de próstata. Para alcançar o bendito, em primeiro lugar, certifique-se de que as unhas estão aparadas. Prepare o indicador como se fosse enfiá-lo na cobertura de um bolo. Besunte-o de lubrificante à base de água para escorregar sem incômodo e não provocar lesões. Introduza o dedo até a segunda falange, fazendo uma espécie de gancho, que já é suficiente. Ótimo se vocês se empolgarem e colocar até o punho, mas não precisa, tá? Voilá, pode ordenhar seu ponto P. Caso role um nojinho, basta comprar um plug anal ou um estimulador de próstata no sex shop – existem dezenas de formatos anatômicos e materiais com um gancho de segurança (vai que dá vácuo, né?).

4. O orgasmo é mais intenso?

Cara, quem já experimentou garante que sim. O povo que vive enfiando dedo no cu alheio, como massagistas tântricos e garotas de programa, também. Pesquisando na internet, encontrei dados que apontam para orgasmos 400% mais intensos que o normal. E até CINCO MINUTOS de gozada. Tipo ir até Marte e voltar.

5. Gostar de carícias no ânus é meio gay?

É só um fio terra, você não vai morrer eletrocutado. Um dedo no ânus não vai mudar em nada a sua orientação sexual nem questionar a sua masculinidade. Gostou e gozou? Isso que importa. Sabia que até o ator-comedor Charlie Sheen (do seriado “Two and a Half Men”) já declarou que adora a prática – babado: uma ex-namorada dele disse que andava com dor no dedo por causa disso. Se for tentar, tenha em mente que é fundamental estar relaxado e derrubar os próprios tabus. Porque qualquer sentimento negativo bloqueia o orgasmo. Apenas assimile a ideia de que está investigando outras zonas erógenas do seu corpo.

>>> CONTEÚDO APOIADO PELOS LUBRIFICANTES K-MED.  CONFIRA A COLUNA DA NATH POR LÁ :)  

***LEIA MAIS:

– Dez dicas para o sexo anal sem dor

– Sexo anal: a lição das tartarugas para os homens

– A cena de Girls: o tabu do beijo grego

– Testei o “We Vibe”, o vibrador para casais mais famoso do mundo

– Curiosidade e fantasia bissexual… significa?

***SIGA PIMENTARIA:

Facebook/napimentaria

Instagram @pimentaria

Twitter/napimentaria

Youtube/napimentaria

Compartilhar:
Comentários
  • muito boa a matéria!

    18 de dezembro de 2015
  • Muito se fala sobre o possível ponto G feminino, uma pequena área erógena de grande sensibilidade e que pode ser estimulada por meio da parede anterior da vagina. Já a discussão sobre a existência do ponto G masculino não é tão ampla assim, pelo menos fora do universo científico, talvez pelo fato de o assunto causar preconceito na maioria dos homens devido à relação com a penetração anal.

    Supõe-se que o tal ponto do prazer fique na parede anterior do reto, em frente à glândula prostática. Ou seja, um lugarzinho de “difícil acesso” para muita gente. “Para localizar esta região, ao introduzir o dedo no ânus, na parede anterior (em direção ao pênis) na profundidade de 2 a 3 cm, é palpada uma elevação do tamanho de uma noz (a glândula prostática)”, disse o urologista, sexólogo e terapeuta sexual Celso Marzano, diretor do Centro de Orientação e Desenvolvimento da Sexualidade (Cedes).

    A penetração anal faz com que muitos homens não queiram nem pensar no tal ponto estimulante, por conta da ligação direta com práticas homossexuais e do medo de que sua masculinidade seja testada. E aí, realmente, é um passo para estragar o prazer. “Qualquer sentimento negativo bloqueia a resposta sexual e pode perder o desejo, a excitação e a ereção, e inibir o orgasmo. Se houver qualquer inibição, o prazer também é diminuído ou totalmente interrompido”, afirmou Marzano. O medo inibe até as necessárias consultas médicas para prevenção do câncer da próstata.

    Manipulação
    E é bom ficar claro que uma pessoa só é considerada homossexual quando sente atração por outra do mesmo sexo e não pelas regiões do corpo que permite tocar. Não fosse assim, o garanhão Charlie (Charlie Sheen), da série Two and a Half Man, não deixaria indícios de que se beneficia dos toques na região, sem o menor problema. Em um dos episódios, sua namorada chega a comentar que está com dor no dedo.

    Os dedos ajudam no prazer, mas a manipulação sexual pode ser realizada também com plugs anais e acessórios como dildos (pênis artificiais), de maneira suave. Segundo o sexólogo, o resultado não é necessariamente um orgasmo diferente, assim como não há garantia de que vá atingi-lo. As sensações são individuais e difíceis de serem avaliadas e quantificadas.

    “A próstata tem terminações nervosas sensíveis ao toque, o que pode resultar numa ereção. Mas isto não significa que o homem esteja psicologicamente e sexualmente excitado”, disse a ginecologista e sexóloga Carolina Ambrogini. Marzano também faz questão de desmentir a ideia de que a próstata cresceria e se transformaria em um tumor por conta da massagem estimulante.

    Lubrificação
    Para facilitar a penetração e evitar que o atrito ocasione lesões, o uso de um lubrificante é indispensável. A dica é apostar em algum gel à base de água. A saliva é uma opção, mas geralmente insuficiente em quantidade.

    Vale dizer que os cremes ou óleos à base de vegetais ou minerais (vaselina, creme hidratante, manteiga, creme de barbear) não são adequados quando há penetração do pênis no ânus, porque aquecem e fazem distender o látex da camisinha, provocando o seu rompimento, além da possibilidade de dilatar os poros do produto e permitir a passagem do HIV para a mucosa anal.

    Zonas erógenas
    No corpo humano, há certas zonas que são apontadas como sendo particularmente sensíveis à estimulação erótica. As mais conhecidas dos homens são mamilos, pênis e as nádegas (em menor grau). A lista das mulheres conta com seios, nádegas, vagina e, principalmente, o clitóris.

    No entanto, a pele toda pode ganhar uma expressão sexual, dependendo do momento em que o toque se realiza e da pessoa que o faz. De acordo com o sexólogo, regiões aparentemente neutras, como as mãos e os pés, podem ser erotizadas a tal ponto que chegam a produzir orgasmos.

    Mulher
    O ponto G feminino recebeu esse nome em homenagem ao médico alemão Ernst Gräfenberg, o primeiro a estudá-lo. Fica atrás do osso púbico, perto do canal da urina, e é acessível por meio da parede anterior da vagina. Existe uma grande discussão sobre sua existência, mas, segundo especialistas, é uma área mais sensível e que vale a pena ser explorada.

    Alguns sites de pesquisa:

    http://www.vilamulher.com.br/sexo/fio-terra-um-mito-do-sexo-15227.html

    http://irresistivel.com.br/como-fazer-um-fio-terra-prazeroso-para-ele/

    http://relacoes.umcomo.com.br/articulo/como-fazer-um-fio-terra-17666.html

    http://www.pompoarte.com.br/app/sc/gui/info.aspx?cnt=612_1_666_1&html=sobre_a_tecnica_detalhe&cod=301943&tit=Massagem+na+Pr%C3%B3stata+Prazer+extremo+do+Homem

    http://www.massagistas.com/duvidas-sobre-a-massagem-prostatica/

    http://www.ejaculandocomcontrole.com/o-que-e-um-orgasmo-de-prostata/

    http://www.abril.com.br/noticias/comportamento/minha-missao-ensinar-homens-ter-prazer-anal-493053.shtml

    http://mulher.uol.com.br/comportamento/noticias/redacao/2012/09/13/homens-heterossexuais-tambem-tem-prazer-na-regiao-anal-veja-por-que-e-avalie-se-voce-toparia.htm

    http://www.aneros.com.br/

    http://bemresolvidanavida.blogspot.com.br/2012/05/o-homem-e-o-cu.html

    3 de março de 2016

Deixe um comentário