HomeSaúde“Com que roupa eu vou? / Pro samba que você me convidou”

“Com que roupa eu vou? / Pro samba que você me convidou”

comqueroupa

“Com que roupa eu vou? / Pro samba que você me convidou”

Mais cenas inventadas de um Carnaval que tá logo aí. Pra NENHUM pau ter desculpa de não se proteger…

Fui contratada por uma grande farmácia para ajudar os paus confusos diante de tamanha variedade de camisinhas disponíveis nas prateleiras. Sou discreta, espero que eles se aproximem para me apresentar.

 

foto

1.O primeiro pau entra aflito. A cabeça latejando dentro da calça, causando suores e tremores no dono. Rodeia a loja inteira, finge que vai comprar lâminas de barbear, esbarra nos desodorantes e derruba meia dúzia. “Relaxa, pau. Logo eles arrumam isso”, digo, perguntando se posso ser útil.

– Moça, é que… eu vou… sair… com uma ga-ga-ga-rota. E, assim, eu fico meio nervoso porque não consigo me controlar… Duas bombadas e eu gozo.

– Minha sugestão é que você “bata uma” sozinho antes de se encontrar com ela. Só pra aliviar a ansiedade, saca? Leva um desses modelos com EFEITO RETARDANTE, que contém uns aditivos anestésicos e ajudam a segurar a ereção. É bem bacana pra quem sofre de ejaculação precoce.

– Onde eu pago?

 

foto (1)2.Confiante, o segundo pau atravessa a porta de vidro com sua jaqueta de couro. Vai direto na seção que lhe interessa, não sem antes disparar olhares para vendedoras e clientes. Quer que todos saibam que hoje ele vai comer geral por aí. Fica meia hora lendo as embalagens – não se sabe se é míope ou tem necessidade de autoafirmação.

– Porra, por isso que eu não uso essas merdas. Não passa nem na glande… Vai me gangrenar!

– Senhor, você precisa de um tamanho EXTRA GRANDE. Essas camisinhas, em vez dos tradicionais 52 milímetros de largura, são fabricadas com 55 ou 56 mm. Aliás, com tanta “sorte” de nascença, você deveria reclamar menos. Por que ser tão grosso?

– Hmmm, gostei da marrentice. Me add no Facebook, gata.

 

foto (2)3. Ah, o terceiro pau mexeu comigo. Másculo, mas tão doce. Está acompanhado da namorada, de quem não tira as mãos. Ela ficou na ala dos condicionadores, ele vem na minha direção. Mas troca olhares maliciosos com ela o tempo todo. Desconfio que é início de relação – invejinha!

– Com licença. Me disseram que tem uns preservativos diferentes, parece que eles dão mais prazer pra mulher…

– Ai, ai. Você é do tipo pra casar, né?

– Oi?

– Nada. Então, tem sim. Alguns vêm com TEXTURAS e FORMAS bacanas que friccionam o interior da vagina durante a penetração. E tem também aqueles com EXTRA LUBRIFICAÇÃO, o que é imprescindível pra gente curtir melhor. Fica mais confortável e gostosinho, sabe?

– Valeu! Acho que ela vai gostar. Vou levar um de cada.

 

foto (3)4. Olha, eu tô pra ver pau mais neurótico que esse. Ele deixa o carro estacionado na frente do segurança da farmácia e, a cada minuto, estica o pescoço pra dar aquela checadinha. Não atende o celular quando aparece “chamada desconhecida” no visor – eu consigo ver porque está do meu lado, gente! Óbvio que viria alguma dúvida nessa linha…

– A parada é a seguinte. Eu vou dar umazinha ali com uma piriguete que tá me dando mole faz tempo. Quando a esmola é demais… o santo desconfia. Vai que essa mulher quer dar o golpe da barriga? Sei lá… ela pode fazer uns furos na camisinha, cavalgar até rasgar… Pensei em me enrolar num plástico bolha. Te juro!

– Ãhã, entendi. Ó, vou indicar pro senhor o modelo ULTRA RESISTENTE. Segundo o fabricante, o material é duas vezes mais resistente que os produtos convencionais. Também pega aqui o cartão da minha psicóloga. Vai que…

– Como você sabe que eu tava pensando em fazer terapia?

 

foto (4)

5. O pau conformado caminha a passos lentos e me encara com objetividade. Não, ele não precisa de nenhuma ajuda.

– Fica tranquila. Eu sempre uso do tipo ULTRA SENSÍVEL, testei vários até encontrar um que me deixasse sentir melhor o “molhadinho” delas, sabe? Não gosto de botar camisinha, mas fazer o quê? No Carnaval passado, inventei de ficar livre, leve e solto… Nasceram umas perebas em mim. Coisa tosca, precisava ver! Bom, boa noite.

 

 

 

foto (5)

6. Tá na cara do sexto pau que ele é aventureiro, marcou as próximas férias no Everest. Uma escaladinha básica. Odeia mesmice, rotina. Troca de emprego (e mina) a cada seis meses. Deve ter trepado em suruba, colocado em prática todas as posições do Kama Sutra, topa tudo. Diz “e aí” com um sorriso descolado.

– Cara, tô bem entediado. Já provei dezenas de camisinhas, acho que nada mais me surpreende. Encare minha reclamação como um desafio.

– Opa! Já mostrou a que veio, hein, pau? Experimenta uma vibe meio meteorológica no sexo, então. Tem essas que dão sensação de REFRESCÂNCIA e essas outras de CALOR. Uma coisa chuva e sol. E você ainda pode provocar um terremoto na genitália alheia… com esse modelo que vem com ANEL VIBRATÓRIO!

– Afe, você fez curso com o Ary Toledo?

***

Agradecimentos às marcas Prudence, Jontex e Olla. Elas enviaram todos os modelos disponíveis no mercado para que eu escrevesse este post (não, ele não foi pago – infelizmente! hahaha). Amanhã, falamos sobre as camisinhas com sabor. 

Compartilhar:

Deixe um comentário