Eu trocava mensagens com um ex-colega de trabalho com quem há tempos não tinha contato e me procurou curioso com

Last Week Posts

Embora tivesse apenas “orgasmos eventuais”, Mariana Stock se achava sexualmente super bem resolvida e falava do assunto numa boa com as amigas. Mudou de ideia quando, em 2016, “uma amiga puritana” e um colega de trabalho comentaram que estavam se descobrindo e superando bloqueios na massagem tântrica – realizada em centros terapêuticos (eu fiz e

As definições de pornografia foram atualizadas. Reinicie o sistema. A plataforma de vídeos eróticos Pornhub, que recebeu 28 bilhões de visitas em 2017, revelou o termo mais buscado por brasileiros. Loiras peitudas? Anal? Não. Venceu “Overwatch” [PESQUISAR

Cada parte do nosso corpo tem potencial pra ser uma zona erógena – inclusive o cotovelo e o dedão do pé – porque a pele toda é cheia de terminações nervosas. Mas a gente tende a não ter muita paciência e vai direto nos pontos óbvios, né? Vulva, clitóris, mamilos, pênis, testículos. Se o nosso

Eles simplesmente não sentem vontade de fazer sexo. Morrer virgem, por exemplo, não seria um problema. Você ta aí pensando: “Não, não pode ser… esse ser humano não sabe o que tá perdendo!”. Acredita-se que 1% da população mundial, mais ou menos 70 milhões de pessoas, sejam assexuais. Quem são, onde vivem, do que se

AUTORA: A Baronesa* Sou professora de Artes. Tenho 29 anos, 1.65 cm, cabelos longos e um corpo bem desejado pelos alunos (e alunas também). Esta história começou na feira de ciências da escola. Eu e o professor de História resolvemos desenvolver um projeto interdisciplinar sobre o Egito Antigo, ou seja, misturando o conteúdo das duas matérias.

Quase aos 80 anos, Matt não desistiu de buscar sua alma gêmea. Quer abraçá-la sob o pôr do sol na praia. Por isso ele se inscreveu no primeiro Speed Dating para solteiros entre 70 e 90 anos. Chegou com a muleta, o tubo de oxigênio e o aparelho auditivo com defeito. Nesses “encontros rápidos”, os participantes têm

***AUTORA: M.S. Ainda me recordo da nossa última transa. Era uma manhã de domingo e eu, ainda sonolenta, senti seu corpo querendo o meu. Suas mãos percorriam minhas costas suavemente, tirando de mim sorrisos de canto de boca. Logo entendi o que você queria - eu também queria, mas fiquei quieta esperando seu próximo passo. Meu seio preencheu sua

TV PIMENTA
NATHALIA ZIEMKIEWICZ
Jornalista de comportamento, trabalhou em Época e Istoé. Pós-graduada em educação sexual, já palestrou para 2.500 pessoas. É colunista do Yahoo e do Bayer Jovens, além de embaixadora dos lubrificantes K-MED. Aposta que informação pode ser mais transmissível que muita doença. Gozadinha, derruba tabus escrevendo sobre sexo com leveza e bom-humor.
NEWSLETTER

Digite seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades

PUBLICIDADE
FACEBOOK