HomeSexoAs gostosas e os cinco minutos de fama

As gostosas e os cinco minutos de fama

mariachuteira

As gostosas e os cinco minutos de fama

“Neymar e Bruna Marquezine estão em crise”, me contou a timeline do Facebook. Ele teria financiado a viagem de duas mineiras de Ipatinga à Barcelona e, OPS!, vazaram umas fotos pelo Whatsapp. Eu teria ignorado a notícia se não tivesse reconhecido aquele biquinho repetido à exaustão no Instagram, desta vez, estampando a coluna do jornalista Leo Dias e de outros sites. Anos atrás, quando a conheci, já lamentava que uma garota linda daquelas fosse tão deslumbrada. Mas, enfim, aí estão seus cinco sonhados minutos de fama. A troco de que? De uma vaga no Big Brother Brasil ou na Fazenda? Reality show como objetivo de vida. Really?

Mês passado, uma tal de Tati Neves estava nas manchetes por causa de um vídeo em que aparece no mesmo quarto de Justin Bieber – o cantor está capotado na cama após o que ela diz ter sido uma noite “inesquecível” de sexo. Orgulhosa, deu entrevistas até para o tablóide The Sun. Ó, que beleza, a mulher brasileira do jeito que… sempre nos estereotiparam! Problema nenhum que ela tenha dado pro “baby, baby, baby, uh” lançando mão dos atributos físicos. A vergonha alheia é que alguém use isso para se tornar uma subcelebridade.

Antes que o(a) leitor(a) me chame de recalcada: não tenho silicone nem bunda grande, muito menos barriga chapada. Mesmo que tivesse, meu bom senso não me deixaria recorrer a eles para ser ~alguém na vida~. Acho triste que certas mulheres desistam de estudar e trabalhar em nome de um ~sucesso~ tão raso, que se submetam a homens apenas porque eles podem pagar viagens e festas e jantares ~glamourosos~, que não se importem de ser só mais uma ~gostosa~ de companhia. Pô, você nasceu bonita e se fez na academia? Parabéns pela embalagem – vê se não esquece de abastecer com conteúdo.

Compartilhar:
Comentários
  • Você é incrível. Me identifico com os seus textos de modo que penso que você é capaz de transcrever meus pensamentos. hahaha Amo seu blog e sua ideologia!! Parabéns!

    10 de dezembro de 2013
  • Sério! O mundo seria tão, mas tão melhor se eu visse mais opiniões como as suas no facebook e afins, do que notícias das crises de relacionamento do Neymar causadas por candidatas à piriguetes. Esse tipo de post restaura a fé na humanidade! :)

    10 de dezembro de 2013
  • o mais louco é constatar q cada vez mais meninas optam por esse ~caminho~ e dedicam a vida a perseguir esse ~objetivo~
    mas eu devo ser só mais uma recalcada, né… ¬¬

    10 de dezembro de 2013
  • Nath, cada vez mais surgem mulheres assim e cada vez mais vai surgir. Essa magia que a vida de fama é incrivel transforma a cabeça de gente que, como você mesma disse, é muito rótulo e pouco conteúdo. O BBB mesmo, é um programa que todo mundo mete o pau, a audiência cai todo ano, mas as cotas de patrocínio estão vendidas desde outubro desse ano para um programa que começará em 2014. Eu trabalho com o mundo artístico e sei como eles almejaram estar lá e agora que estão, dariam tudo para ser anônimos.
    Um beijo grande pra gente que ‘ainda’ tem cabeça boa, apesar do rótulo estar saindo a tinta..rs.

    10 de dezembro de 2013
  • Mas tudo isso tudo um dia cai! É o que eu digo, “Tem prazo de validade”….

    10 de dezembro de 2013
  • Amei TUDO o que você escreveu!
    Tenho o corpo bem parecido com o dela, bumbum grande, barriga chapada, silicone faço academia a 3 anos, como certinho… Mas isso não me impediu de estudar, me formar, ser bem sucedida na minha profissão, ler bons livros, admirar teatro e artes tão ricos (e desvalorizados nesse país), amar minha família, cozinhar, falar palavrão e beber uma cervejinha quando me dá vontade. Ah, e sobre os “reis do camarote”, eu sorrio e digo “obrigada, eu trabalho e posso bancar o que eu quiser beber”.

    Nunca consegui nenhum emprego, promoção ou efetivação por causa da minha aparência. Todos por COMPETÊNCIA. E que eu possa morrer assim, um pouco feliz com o espelho mas explodindo de orgulho e felicidade pela pessoa que sou e me formei. Essas meninas seriam muito mais felizes se soubesse que com o peitão ou sem o peitão teriam os mesmos amigos, o mesmo emprego, as mesmas conquistas… essa sensação NÃO TEM PREÇO, TEM VALOR. Como tudo deveria ser.

    11 de dezembro de 2013
      • E eu amo seus textos, sempre! Me ganhou com o da Fran, e agora sou fã.

        11 de dezembro de 2013
  • Pior é que isso é um conceito social. A mulher perfeita é a que deslumbra a todos, mesmo que ela não tenha nada por dentro.

    15 de dezembro de 2013
  • Bruna te amo….esquece esse cara fica comigo

    20 de dezembro de 2013
  • Bruna … casa comigo?

    20 de dezembro de 2013

Deixe um comentário