Home2016março

março 2016

A ilha que habitam fica isolada no meio do oceano. Foi tudo tão rápido e intenso que arrumaram as malas sem se dar conta de que aquele pequeno espaço de areia não comporta mais de dois seres humanos. Depois perceberam,

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, amigos há quase vinte anos, no tapete vermelho do Oscar (Getty Images) Em 1997, o navio “Titanic” afundava na tela dos cinemas e espectadores afogavam em lágrimas. A história de amor vivida pelos personagens interpretados pelos

(Thinkstock) “Tenho 17 anos, sou virgem e me masturbo mais de três vezes por dia. Me sinto culpado porque isso não é bem aceito na igreja que frequento. Você acha normal? As pessoas podem perceber? Será que vai passar quando eu

(Thinkstock) Quer você queira ou não, miga, nosso corpo se prepara todos os meses para receber um bebê. O útero é revestido por uma camada chamada endométrio, que terá a função de nutrir o embrião. Quando seu organismo saca que não

Eu vou te contar a história do vibrador e você vai achar que eu tô fazendo graça. É uma verdade tão inusitada que ganhou até filme. Abaixo, o trailer da comédia “Histeria”, de 2012. Lá no século XIX, uma “doença psíquica”

“Nath, tenho 30 anos e não estou satisfeito com o tamanho do meu pênis. Ele mede 14 cm, é normal? Gostaria de saber também se você acha que consigo dar prazer de verdade para uma mulher e se essas bombas

Você olha para a mancha na calcinha, morre de vergonha e logo imagina que pode ter pego alguma doença sexualmente transmissível? Não é bem assim, não, miga. Mulheres liberam naturalmente uma secreção vaginal tanto para molhar a região e dificultar

Vez ou outra, alguém faz cara de chinchila albina e me pergunta: “Vocês ainda frequentam motel, mesmo depois de casados?”. Como se a gente não pudesse transar fora do próprio habitat, como se devêssemos nos entregar às armadilhas inevitáveis do

(Thinkstock) “Por que uma garota como você decidiu estudar o mundo da pornografia?” foi uma pergunta que a socióloga Chauntelle Tibbals ouviu diversas vezes enquanto produzia sua tese de doutorado. O preconceito, não só no meio acadêmico, a impulsionou ainda mais a investigar

(Thinkstock)  Pois é: a vida continua depois do Carnaval. Arrepender-se de ter rasgado a fantasia e beijado dezenas de foliões é bobagem. O problema é aquela ala conhecida como “Daqui a nove meses você vê o resultado”. Não me surpreenderia se