Home2016fevereiro

fevereiro 2016

Você pode até perder a liberdade, mas não perde a sexualidade. Então como ela se manifesta no ambiente confinado de uma cadeia? Mulheres condenadas pela justiça continuam sentindo tesão, menstruando, se apaixonando, engravidando, pegando doenças sexualmente transmissíveis… Durante cinco anos,

É o tabu dos tabus, mas todo mundo quer saber d-i-r-e-i-t-i-n-h-o como praticar o sexo anal sem traumas. Reuni as perguntas clichês que respondo diariamente sobre o assunto. 1. “Por que muitos homens têm obsessão por sexo anal?” Boa parte do prazer

Atenção: este texto contém spoilers. Se você não quer saber como o filme se desenrola antes de assisti-lo, embora isso não vá estragar em nada a experiência, leia depois :) Década de 1920, quase cem anos atrás. Einar e Gerda Wegener

Imagine uma prova de atletismo: todos os competidores posicionados lado a lado aguardando o som que autorizará a corrida. Um deles dispara antes da hora, queimando a largada. Qual o problema desse cara? Eu apostaria 100 metros pulando feito saci

No último dia 10 de janeiro, o deputado federal Jair Bolsonaro publicou um vídeo sobre educação sexual que viralizou nas redes sociais, mas está repleto de informações erradas. Entre elas, a de que o livro “Aparelho Sexual & Cia” teria

Carolina S., de 22 anos, conheceu um cara no Tinder (aquele aplicativo de paquera). Marcaram um encontro, que acabou em sexo. “Fiz um oral nele e nada de retribuição”, conta. “Simplesmente ficou lá, feito um poste, e não pedi porque

Um “relacionamento com benefício mútuo”. É isso que a rede social Meu Patrocínio, lançada há dois meses no Brasil, pretende oferecer. Em outras palavras, ali se cadastram homens ricos e mulheres em busca de mimos/dinheiro. Nada melhor que a descrição do